www.sebraeap.blogspot.com.br - Divulgação das ações do Sebrae Amapá e seus parceiros.

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

A decisão de empreender

  Por Marciane Santo

Diretora Técnica do Sebrae no Amapá

Devido ao momento crítico na economia do nosso país, redução do consumo do mercado brasileiro, o fechamento de empresas tradicionais com tempo de operação, empresas recém-abertas sem sustentação, e o aumento progressivo do número de desempregados, que tende a ser ainda maior após o encerramento do Auxílio Emergencial, acaba faltando “coragem” para empreender. E, com isso, observa-se mais pessoas empreendendo por necessidade, mas não podemos desconsiderar um número interessante de pessoas empreendendo por oportunidade.

Uma quantidade significativa de pessoas começou a empreender no mundo digital. Boa parte delas por estar sem trabalho, outra parte por visualizar boas oportunidades com a aceleração de processos mais digitais. Franquias estão reduzindo taxas, lojistas estão abrindo sociedade ou até mesmo passando as suas lojas em condições facilitadas, enfim, as coisas estão acontecendo e muitos resolveram dar a largada em plena pandemia.

De acordo com Cristina Junqueira, co-fundadora do Nubank, em apresentação recente, esses momentos de recessão, de crise econômica, são propícios para empreender, porque é quando as pessoas “estão procurando alternativas e soluções diferentes, o que torna mais favorável o crescimento de startups”. Coragem e arrojo à parte – e diga-se de passagem, são qualidades que admiro – é importante ter um mínimo de análise preliminar de forma a ampliar as chances de sucesso da iniciativa. Um kit mínimo de variáveis precisa ser estudado para que esse projeto, esse empreendimento tenha boas perspectivas.

É encantador ver e ler histórias de pessoas bem-sucedidas que estampam as revistas, saem em jornais com frequência, vivem em alta nas redes sociais disfrutando o que há de melhor. Mais encantador ainda, é ser o protagonista dessas histórias, viver a plenitude da realização pessoal e profissional em qualquer cenário, mesmo nos mais adversos.

E quem são os que se arriscam nos mais diversos cenários? Você sabe o que eles possuem em comum? Características empreendedoras!!!!

As características empreendedoras são latentes nos empreendedores de sucesso, elas são várias, e agora vamos abordar as 10 principais sob o olhar do autor e referência em empreendedorismo, José Carlos Assis Dornellas.

 

1-   Autonomia: os empreendedores sempre desejam estar à frente das mudanças e ser o dono do seu próprio destino. Estão sempre em busca de criar algo novo, buscam a sua autonomia financeira e independência profissional. São firmes em seus posicionamentos e pontos de vista, mesmo diante da oposição ou de resultados inicialmente desanimadores. A confiança na sua própria capacidade de enfrentar grandes desafios lhe move, ele sonha, acredita no seu sonho e tem a capacidade de torná-lo realidade.

 

2-   Avaliação de Riscos: Uma das características mais conhecidas dos empreendedores é essa. Os riscos devem ser previamente calculados, com gerenciamento e avaliação das possibilidades de sucesso. Assumir riscos está intimamente ligado com desafios, o que para muitos, só aumenta o interesse, afinal, ser desafiado é estimulante para os empreendedores. Não distanciando a necessidade de ações para minimizar riscos ou até mesmo controlá-los.

 

3-   Busca por Conhecimento: Estão sempre em busca de mais, são insaciáveis pelo saber e aprendem continuamente sobre muitos assuntos. O conhecimento pode vir da academia, de cursos livres, de livros e publicações especializadas, como também das experiências vividas e observadas. Dedicam-se pessoalmente em conhecer o cliente que compõem o seu nicho de atuação, extensivo aos fornecedores, concorrentes e parceiros.

 

4-   Capacidade de Decisão: Se cercam de segurança para a tomada de decisão, buscando a assertividade, especialmente, em momentos de adversidade, quando o empreendedor é mais exigido. Além da tomada de decisão com segurança, também se faz necessário que seja em tempo hábil, com muita agilidade.

 

5-   Capacidade de Networking: Os empreendedores possuem facilidade de se relacionar e fazer contatos. Geralmente, constroem uma rede de contatos estratégicos que os auxiliam nos ambientes interno e externo da empresa. Ocupam espaços de poder em entidades de classe, em associações, em entidades sem fins lucrativos e na própria comunidade na qual a sua empresa está instalada. Agem de forma deliberada para criar e manter relações pessoais e comerciais.

 

6-   Capacidade Realizadora: Os empreendedores transformam ideias, oportunidades, sonhos em realidade. Sabem agregar valor aos serviços e produtos que colocam no mercado. Estão sempre melhorando os seus serviços e produtos com foco nas necessidades dos clientes, surpreendendo a todos com entregas além do previsto.

 

7-   Identificação de Oportunidades: Para os visionários empreendedores, as boas ideias são geradas daquilo que todos conseguem ver, mas não identificam como transformar em oportunidade. Segundo Schumpeter, o empreendedor é aquele que quebra a ordem corrente e inova, criando mercado através de uma oportunidade identificada. Para Kirzner, o empreendedor é aquele que cria um equilíbrio, encontra uma posição clara e positiva em um ambiente de caos e turbulência, ou seja, identifica a oportunidade na ordem presente.

 

8-   Liderança: Os empreendedores têm um senso de liderança incomum.  Liderança é a capacidade que uma pessoa possui de conduzir um grupo de indivíduos, transformando-os em uma equipe que gera os resultados almejados.  O líder é a pessoa que tem a habilidade de motivar e de influenciar os liderados de forma genuína, de modo que as pessoas ao seu redor contribuam voluntariamente e com entusiasmo para alcançarem os objetivos da equipe. O líder sabe identificar habilidades de cada liderado, sempre explorando de cada membro da equipe os seus pontos fortes, mas além de habilidades e técnicas, precisa possuir muita inteligência emocional para saber gerir os interesses dos liderados e atender as expectativas dos mesmos.

 

 

9- Otimismo: Vivem em uma atmosfera de otimismo, tendo o amor por pessoas e pelo trabalho como grande combustível, o que os mantêm animados, autodeterminados, sendo grande vendedores das suas próprias ideias. Possuem a crença em um ser soberano e divino que os protege e conduz nos mais diversos caminhos, sempre com a certeza de grandes conquistas.

 

10-             Visão: Empreendedores projetam o futuro, têm a visão de como será o futuro para o negócio no qual estão envolvidos e para a sua vida, e o mais importante: eles têm a habilidade de implementar os seus sonhos e inspirar sonhos alheios. Dando assim, a sua valiosa contribuição para dias melhores.

 

Percebeu como é possível empreender nos mais diversos cenários? O mais importante em empreender é contribuir de alguma forma para a evolução das pessoas e do seu entorno. É escrever a sua própria história e fazer parte da história de tantos outros. Se este é o seu anseio, não desista. Afinal, sonhar grande e sonhar pequeno dará o mesmo trabalho. Por isso, dê largada agora mesmo. 

 

 

Share:

Sebrae abre vagas para consultoria financeira e de gestão para pequenas empresas

 

O objetivo é melhorar o desempenho financeiro e comercial dos pequenos negócios

 

Denyse Quintas

 

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), está com vagas abertas, porém limitas, para pequenos negócios, participarem da turma da Consultoria Integrada de Gestão (CIG), que inicia na segunda (17).

 

Segundo a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, a partir da Consultoria Integrada de Gestão, os pequenos negócios apresentam resultados efetivos no aumento do faturamento, diminuição de despesas e recuperação de cliente.

 

“A consultoria envolve planejamento financeiro, comercial e estratégico, planejamento tático, diagnóstico, acompanhamento financeiro e comercial para os empresários”, explica a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

 

CIG

 

A Consultoria Integrada de Gestão, é um programa do Sebrae que integra três (3) áreas fundamentais dentro da empresa, setor financeiro, comercial e planejamento.

 

O investimento é de R$2 mil reais; se o pagamento for à vista tem 10% de desconto, ou seja, R$1.800 reais. Outra opção é parcelar em até 10x no cartão de crédito, sem juros.

 

Os interessados podem obter mais informações com a analista de atendimento, Thainá Rodrigues, pelo celular (96) 9 9126-4250.

 

 

Serviço

Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Central de Relacionamento: 0800 570 0800

Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br

Blog: www.sebraeap.blogspot.com.br

Twitter: @sebraeap

Facebook: /sebraeap

Share: