www.sebraeap.blogspot.com.br - Divulgação das ações do Sebrae Amapá e seus parceiros.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Sebrae e prefeituras promovem capacitação gratuita em Tartarugalzinho e Amapá












Intitulada Caravana Empreendedora a ação do Sebrae junto às prefeituras realiza ação de capacitação e orientação técnica voltada ao potencial empresário e empreendedores formalizados

Denyse Quintas
De Tartarugalzinho

O Sebrae realiza a Caravana Empreendedora, nos municípios de Tartarugalzinho e Amapá, no período de 6 a 10 de novembro, das 8h às 12h, das 14h às 18h e das 19h às 22h, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Telecentro Comunitário, respectivamente. O objetivo é descentralizar o atendimento da sede do Sebrae em Macapá e oportunizar os municípios nas capacitações e orientações técnicas.



Palestras, cursos, oficinas, orientação para formalização do Microempreendedor Individual (MEI), alteração cadastral (mudança de endereço, inclusão e exclusão de atividades, baixa do MEI e declaração e parcelamento do DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional), são serviços disponíveis durante uma semana.

Segundo a gerente da Unidade de Administração e Finanças do Sebrae e coordenadora da Caravana Empreendedora, Inês Barbosa, nesses últimos anos o Sebrae no Amapá firmou uma parceria muito forte com a prefeitura de Tartarugalzinho e várias ações estão sendo articuladas para fomentar o desenvolvimento no município. “Geograficamente, Tartarugalzinho é um município de localização estratégica que fica na passagem para Amapá, Calçoene e Oiapoque, e pode fomentar os nichos empreendedores de hotelaria, alimentação, comércio e turismo”, disse a coordenadora da Caravana Empreendedora, Inês Barbosa.

De acordo com ela, durante uma semana a Caravana Empreendedora, oportuniza às empresas, ao MEI e às pessoas, orientações sobre montar o seu negócio, empresas que estão irregulares, o MEI que deixou de pagar o DAS por mais de 1 ou 2 anos, e quem não tem mais interesse em continuar na atividade, de encerrar atividade, pois existe todo um transtorno junto aos órgãos de arrecadação que pode ser evitado.

“Teremos várias oficinas voltadas ao empreendedorismo, não só para o empreendedor da cidade, mas para o produtor rural, aquele que quer vender para o município. A gente sabe hoje da grande dificuldade, das prefeituras comprarem no município, apesar de existir a Lei que nos permite, existem pontos a serem adequados tanto para o comprador, quanto ao vendedor”, declara a coordenadora da Caravana Empreendedora, Inês Barbosa.

A equipe técnica da Caravana Empreendedora do Sebrae, percorre a principal rua comercial de Tartarugalzinho, porta a porta, para identificar as dificuldades e  apresentar as oficinas de formalização, como por exemplo, Sei Vender para o Governo no Campo, que são oficinas de 4h, que facilita e melhora o tempo para o empresário ter que vender, comprar, mas que necessita de tempo para se capacitar.

O prefeito Rildo Oliveira diz que o Sebrae é uma instituição que não pode ficar fora dos municípios e que o prefeito inteligente tem que abraçar o Sebrae. “Temos vários eventos realizados com o Sebrae e nessa parceria já avançamos em vários pontos, por exemplo, fomos o primeiro município a atualizar a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (MPEs) e em consequência disso fizemos uma parceria para a atualização do Código Tributário, e a instituição já contratou a consultoria para trabalharmos o Código de Postura no Município de Tartarugalzinho”, explica o prefeito Rildo Oliveira.

Para o prefeito Rildo, o Sebrae interage com Tartarugalzinho em vários momentos. “Quando você ver a Caravana Empreendedora vir para os municípios, trabalhando, principalmente para os empresários de pequenos negócios e o MEI, damos destaque para a regularização (documentações fiscais em dia), pois a partir de dezembro, a prefeitura, estará com a liberação do recurso da merenda escolar para  fazer a licitação, a partir do momento que começarem as aulas a gente quer servir uma merenda de qualidade, principalmente valorizando aquilo que nós temos que é o empresário de micro e pequenos negócios, comprando do produtor rural local”, afirma o prefeito de Tartarugalzinho, Rildo Oliveira.

Ele explica que, a Lei diz que o mínimo de compra da agriculta familiar é de 30%, isso não quer dizer que se deve comprar apenas 30%, “podemos comprar até 100% da merenda escolar da agricultura familiar e servir na escola os alimentos que a nossa população tem hábito de comer”, esclarece o prefeito Rildo Oliveira.

O prefeito garante que o Sebrae é peça fundamental para a chamada pública que vai realizar em dezembro. Disse que a estrutura do Festival da Banana vai agregar os agricultores para participar, pois a agricultura familiar é parceira, que vai fazer um trabalho com os ambulantes, com padronização de uniformes pela prefeitura e não vai cobrar taxas. “Fomos o primeiro município a aprovar a Lei Geral das MPEs, demos isenção de 2 anos ao MEI, sem pagar impostos, inclusive de IPTU, aprovamos na Câmara de Vereadores e mantivemos na atualização da Lei Geral. As MPEs no município ganham mais e pagam menos impostos”, finaliza o prefeito de Tartarugalzinho, Rildo Oliveira.


Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap

Share:

0 comentários:

Postar um comentário