www.sebraeap.blogspot.com.br - Divulgação das ações do Sebrae Amapá e seus parceiros.

terça-feira, 27 de março de 2018

Inscrições abertas para Anima Varejo 2018 com personalidade nacional










O evento promovido pelo Sebrae aborda a realidade do mercado varejista atual com o especialista Fred Rocha, considerado um dos maiores e mais inovadores palestrantes brasileiros, eleito duas vezes o Melhor Profissional de Marketing Digital do Brasil

Andréa Maciel

O Seminário Anima Varejo 2018, acontece no dia 2 de abril, das 18h30 às 21h30, na sede do Sebrae em Macapá, no Auditório Santana. O evento é promovido pelo Sebrae, por meio dos Projetos de Atendimentos Cadeia do Setor Automotivo e Negócio da Beleza e Cosméticos. As inscrições podem ser feitas pelo site www.animavarejo.com.br ou diretamente na sede do Sebrae em Macapá, até o dia do evento. A entrada é 1kg de alimento não perecível e os alimentos arrecadados serão entregues à Casa da Hospitalidade, em Santana.

O evento conta com a participação do especialista em varejo, Fred Rocha e tem como objetivo estimular os empresários do setor varejista a pensarem de forma inovadora, adquirir novos conhecimentos sobre a atual realidade do mercado, conhecer as principais tendências do varejo e consumo, e incentivar o uso da inovação para alavancar as vendas locais.

“O setor de varejo no Amapá precisa estar sempre atualizado para manter o negócio em pleno funcionamento. Este evento vai dar dicas importantes sobre como posicionar a loja e fidelizar os clientes num mercado cada vez mais competitivo para garantir o sucesso do empreendimento”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

Segundo o especialista Fred Rocha, a expectativa é a melhor possível, principalmente depois do sucesso da última palestra que realizou em Macapá, com uma receptividade calorosa em que lotou o auditório do Sebrae. Ele, afirma estar satisfeito em retornar ao Estado do Amapá, para levar conhecimentos e novidades ao setor do comércio.

Palestrante

Fred Rocha é mineiro, filho de comerciantes e percorre o mundo conhecendo negócios para compartilhar conteúdos adquiridos nesta troca de experiências. Especialista em Varejo e Consumo, é pesquisador e palestrante, eleito duas vezes o Melhor Profissional de Marketing Digital do Brasil pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico Personalidade de Marketing do Brasil (Abcomm), em 2016, fundador do Varejo Show e criador do primeiro Reality Show de vendas do Brasil. Fred Rocha é considerado um dos maiores e mais inovadores palestrantes brasileiros.

Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap
Share:

sexta-feira, 23 de março de 2018

Movimentação econômica no Amapá é foco do 1º Encontro empresarial com a 22ª Brigada de Infantaria de Selva







O encontro conta com a participação de entidades do comércio, indústria e agricultura

Andréa Maciel

O 1º Encontro Empresarial com a 22ª Brigada de Infantaria de Selva é promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio) e demais entidades parceiras. O foco do evento é apresentar a 22ª Brigada que se instala no Amapá e a movimentação econômica gerada com a chegada dos novos militares.

A 22ª Brigada de Infantaria de Selva irá acrescentar 3 mil militares até a conclusão das obras que está programada para o ano de 2024. Esses militares atuarão na segurança e defesa de áreas de fronteiras na Amazônia (Amapá, Pará e Maranhão) e outros países. Ao se instalar no Amapá, os militares trazem as famílias e espera-se que mais de 12 mil pessoas cheguem no Estado e aqueçam a economia local.

O diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga afirma que o encontro aproxima as entidades de comércio, indústria e agricultura, do exército brasileiro e permite que a população conheça mais sobre o exército brasileiro.

“A iniciativa privada no Estado e as instituições, querem conversar e dar as boas-vindas pela chegada da Brigada e do General Luiz Gonzaga Viana Filho, além de possibilitar que os civis entendam como funciona as forças armadas, o que é uma brigada, o que representa e a importância ao Amapá. O estado possui fronteiras internacionais, é uma área de segurança e a implantação desta Brigada nos dará mais tranquilidade e colocará o Amapá numa situação de privilégio junto as forças armadas do Brasil”, disse o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial (ACIA) e conselheiro do Sebrae no Amapá, Jaime Nunes, esse encontro é necessário para conhecer a importância de uma Brigada instalada no estado. “Com as informações abordadas neste encontro teremos a dimensão do real investimento que está acontecendo e com isso fortalecer os negócios, gerar emprego e fazer com que o nosso estado seja cada vez mais fortalecido com a presença do exército”, declara o presidente da ACIA e conselheiro do Sebrae, Jaime Nunes.

O presidente da Fecomécio, Eliezir Viterbino, explica que este momento permite uma aproximação institucional necessária para que exista um estado forte e mobilizado. “Nós temos a previsão de um movimento econômico significativo com essa instalação da 22ª Brigada que é muito importante, seja para a indústria e construção civil, como para o próprio comércio. Estamos esperando o movimento de quase 12 mil pessoas no estado. São 3 mil homens a mais no exército no final de todo esse projeto e um investimento em estruturação de mais de 200 milhões de reais. Então a 22ª Brigada de Infantaria de Selva possui grande importância estratégica, estrutural e de fomentação de oportunidades”, prospecta.

O general Luiz Gonzaga Viana Filho, comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, confirma as prospecções econômicas das entidades empresariais. “Na visão empresarial, nossos soldados vão agregar e incrementar a população local, pois viverão no estado, serão consumidores, realizarão gastos e assim movimentarão a economia local, pois cada militar traz a família. Então é uma contribuição de imposto para o estado”, afirma o general Luiz Gonzaga Viana Filho, comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap) e Conselheiro do Sebrae no Amapá, Iraçu Colares, demonstra grande satisfação em presenciar este momento e exalta a segurança que a presença da Brigada traz para o Amapá.

“Creio que a decisão do exército brasileiro de instalar a Brigada aqui no Amapá, na foz do Rio Amazonas, foi justamente devido as condições geográficas, pois era a única fronteira que não tinha a presença de uma Brigada. Essa decisão é muito interessante e oportuna, pois protege a fronteira norte com os países como Guiana Francesa e Suriname e a presença dos militares de grau superior traz um status mais elevado para o estado do Amapá”, finaliza o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap) e Conselheiro do Sebrae no Amapá, Iraçu Colares.

Institucional

As entidades empresariais no Amapá que estiveram representadas no 1º Encontro Empresarial com a 22ª Brigada de Infantaria de Selva foram, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio), Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amapá (Sinduscon), Associação Amapaense de Supermercados (AMAPS), Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Amapá (Adaap), Associação Comercial e Industrial de Santana (ACIS), Federação de Entidades de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Amapá (Femicro), Câmara de Dirigentes Lojistas de Macapá (CDL), Câmara de Dirigentes Lojistas de Macapá (Santana), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap).

O 1º Encontro Empresarial com a 22ª Brigada de Selva, ocorreu na última quinta-feira (22), às 16h, no Auditório da Brigada, no Quartel do Exército, no Bairro Alvorada.

Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap

Share:

Sebrae apoia visita de alunos do Ifap em empresa de laticínios no Amapá










Sebrae promove a visita técnica de 43 alunos dos cursos Superior em Tecnologia de Alimentos e Técnico em Alimentos, na Empresa de Laticínios do Amapá, 3 Amores

Denyse Quintas

O Sebrae e o Instituto Federal do Amapá (Ifap), promovem visita técnica a empresa de laticínios, 3 Amores. O objetivo é a apresentar aos 43 alunos, dos cursos Superior em Tecnologia de Alimentos e Técnico em Alimentos, a prática do que estão conhecendo na teoria. O Ifap tem laboratórios com potencial para a elaboração de produtos e análise de alimentos.

A Empresa 3 Amores, instalada há 2 anos, no município de Mazagão, processa diariamente, 10 mil litros de leite e comercializa de forma pasteurizado com produção de doce, manteiga, iogurte e queijo.

Sebrae

Para o diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga, empreendimento como o que estamos presenciando neste momento podem fazer do Amapá o melhor Estado em desenvolvimento econômico, pois com os benefícios da área de Livre Comércio e da Zona Franca Verde, tornam os investimentos mais econômicos e mais rentáveis para o empresário, tornando os produtos aqui produzidos mais competitivos, tanto no mercado local ou nacional.

“Como exemplo, podemos citar a nossa cesta básica, que sem esses incentivos fiscais, ficaria no mínimo mais cara 25%. Recentemente o próprio governador do Estado, entendeu que reduzir a carga tributária não só beneficia o empresário, mas a população também, pois com a redução dos tributos os preços finais cairão para o consumidor. Todos esses benefícios que o Estado oferece são atrativos para mais empreendimentos se instalem no Estado. Portanto é muito importante esta visita, não só pelo conhecimento técnico, mas também para tomarem conhecimento do que está sendo produzido no Amapá, disse o diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga.

Para ele, a juventude deve aprender e se envolver, ser participativa na mudança. “Vocês são jovens e têm que querer mudar a realidade do Amapá, porquê o sucesso não é difícil, mas basta que a gente queira fazer; o resultado positivo só depende de nós, dependendo do envolvimento, da participação e daquilo que a gente quer. Parabéns para vocês, parabéns por escolherem essa profissão e com certeza é aonde estamos mais dependentes nesse Brasil, que é a produção de alimentos e mais de 90% do que consumimos hoje vem de fora”, declara o diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga.

Laticínios

Para o gerente de produção na Empresa 3 Amores, Helson Silva, o leite é o ‘carro chefe’ que possui embalagem em saquinhos personalizados e com selo de qualidade, um produto saudável, sem processo químico, pasteurizado, menos industrializado, sem microorganismos e que resgata o artesanato tradicional.

“Estivemos com uma laticista do Sebrae que elaborou os produtos, o manual de boas práticas e montou uma rotina dentro da fábrica. Esse cronograma muda de acordo com que o mercado pede, toda terça-feira produzimos iogurte, mas chega um momento da saturação no mercado, então passamos para a produção do queijo que é o produto que recebe mais pedido”, expõe o gerente de produção na Empresa 3 Amores, Helson Silva.

Ifap

A Tecnóloga em alimentos e da informação, professora e coordenadora dos cursos superior em tecnologia de alimentos e técnico em alimentos no Ifap, Elizabeth Piancó, esclarece que as duas turmas na visita são de nível técnico, terceiro ano, do Curso Técnico em Alimentos e a turma do Curso Superior em Tecnologia em Alimentos, quinto semestre.

“Entre os objetivos da visita, e direcionando a Disciplina de Tecnologia de Leite e Derivados, gostaríamos que eles tivessem essa vivência com o estado deles, com a realidade que nós temos no estado do Amapá.  Eu não sou da região e tenho estudado um pouco sobre os potencias no ramo alimentício e tenho notado que a preocupação é grande dos empresários em estar atuando nesse segmento, logo é um ramo que tem muito retorno econômico e o estado precisa”, disse a professora Elizabeth Piancó.

A visita técnica à Fazenda 3 Amores, ocorreu no dia 9 de março, às 14h. O evento contou com as presenças do diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga e da gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Agronegócio do Sebrae, Larissa Queiroz.


Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap
Ifap – Professora Ifap – Elizabeth Piancó: (96) 9 8137-8941

Share:

quinta-feira, 22 de março de 2018

Empreendedores buscam Sebrae para realizar Declaração de Faturamento






Ao fornecerem os dados e atualizarem a Declaração de Faturamento do MEI, os empresários ficam em dia com a Receita Federal


Andréa Maciel

Microempreendedores individuais procuram o Sebrae para realizarem a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (Dasn-Simei), durante a ação intitulada Semana da Declaração do MEI, que ocorre na sede do Sebrae em Macapá, no período de 20 a 27 de março, das 8h às 12h e das 14h às 18h. A Declaração é necessária para que o empresário esteja em dia com a Receita Federal e possa atuar no mercado de forma legal.

Atualmente, existem mais de 15 mil microempreendedores individuais no Estado do Amapá e 70% destes estão inadimplentes. Para realizar a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (Dasn-Simei), o empresário deve trazer ao Sebrae o comprovante do CNPJ da empresa, documento de identidade e o relatório mensal de faturamento, preenchido. Este documento é entregue no Sebrae, no momento em que o empresário se formaliza.
O empresário e produtor esportivo, Jefferson Costa, foi um dos primeiros a ser atendido e garante que prestar contas da empresa é uma prioridade. “Sempre venho ao Sebrae seja para buscar orientação, encaminhamentos, tirar dúvidas ou para fazer a regularização fiscal anual. Estou há 2 anos em atividade e busco sempre me manter atualizado e em dia com as minhas obrigações fiscais, por isso vim logo no começo. Assim, posso focar no trabalho e capitar clientes”, afirma o empresário Jefferson Costa.

Teoria x Prática

A Semana da Declaração do MEI possibilita que acadêmicos dos cursos de Ciências Contábeis e Administração, de faculdades parceiras, coloquem em prática os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula. Os estudantes, são capacitados para realizar atendimentos, com o auxílio dos analistas técnicos do Sebrae.

“A integração entre as instituições de ensino, Receita Federal e Sebrae capacitam os estudantes, pois realizam atendimento direto com os microempreendedores individuais, fornecendo as instruções necessárias para a Declaração. Os serviços ofertados durante a Semana, são gratuitos, e compreendem o preenchimento do Relatório Mensal das Receitas Brutas, acesso ao Portal do Empreendedor, atualização da Declaração dos anos anteriores até o ano de 2012 e demais informações pertinentes”, explica o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

O acadêmico do Curso de Ciências Contábeis, Antônio Jorge Oliveira Barbosa é cliente do Sebrae há mais de 8 anos. Nesta ação, é voluntário para atender pessoas que como ele, possuíam dúvidas e precisavam de auxílio para manter a empresa legalmente atualizada.

“Atuo no ramo de consertos de bolsas, sapatos e cintos, há mais de 27 anos. Logo, quando criaram o MEI, resolvi me regularizar nesta categoria. Procurei o Sebrae e comecei a ter ideias diferenciadas, participei de orientações, capacitações e comecei a ter outro foco na minha empresa. Depois de 2 anos, ela passou a ser Microempresa (ME). Já formado em Administração, hoje curso Ciências Contábeis e volto ao Sebrae como voluntário para ajudar os MEIs a realizarem a Declaração Anual, que é um dever muito importante, pois quem não se atualiza fica com o CNPJ negativado, paga multas e futuramente a dívida vai para o CPF do empresário”, alerta o estudante, Antônio Jorge Oliveira Barbosa.

São parceiros Semana de Declaração do MEI, as instituições de ensino superior Faculdade do Amapá (Fama); Faculdade Estácio do Amapá (Famap); Faculdade Brasil Norte (Fabran); Faculdade de Ensino Superior da Amazônia (Fesam); Instituto Macapaense do Melhor Ensino Superior (IMMES); Faculdade Madre Tereza (Famat), Centro de Ensino Superior do Amapá (Ceap) e Uniasselvi. A Receita Federal também é um parceiro neste projeto.

Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap
Share:

1º Encontro Empresarial com a 22ª Brigada de Infantaria de Selva acontece nesta quinta (22)





O Sebrae, ACIA e a Fecomércio promovem encontro com a 22ª Brigada de Infantaria de Selva. A nova unidade operacional do Exército segue um plano estratégico de segurança e defesa em áreas de fronteiras na Amazônia e nos países, como Guiana Francesa e Suriname

Denyse Quintas

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio) realizam o 1º Encontro Empresarial com a 22ª Brigada de Selva, nesta quinta-feira (22), às 16h, no Auditório da Brigada, no Quartel do Exército, no Bairro Alvorada. 

O objetivo é mobilizar as entidades representativas dos empresários e compartilhar a importância da nova unidade operacional do Exército Brasileiro que funcionará na área de Comando de Fronteira do Amapá. No complexo operacional e administrativo da Brigada, houve um acréscimo de mais 400 militares, portanto serão 3.600 militares que seguirão um plano estratégico de segurança e defesa em áreas de fronteiras na Amazônia (Amapá, Pará e Maranhão) e outros países, como Guiana Francesa e Suriname. 

O comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, general Luiz Gonzaga Viana Filho, fará uma apresentação de implantação da brigada com soldados e oficiais, e sua contribuição na segurança e econômica para o estado do Amapá. 

Na ocasião, as entidades representativas terão a oportunidade de darem as boas-vindas ao General Luiz Gonzaga Viana Filho e a nova unidade militar ao estado do Amapá.


Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Blog: www.sebraeap.blogspot.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap
Share:

sexta-feira, 16 de março de 2018

1º Meetup do Sebrae Start acontece na próxima quinta (22)









O evento é aberto ao público em geral, com foco nos empreendedores e entusiastas de startups; porém, todos podem se inscrever e participar

Denyse Quintas

O 1º Meetup do Sebrae Start, gratuito, acontece no Amapá Garden Shopping, na próxima quinta-feira (22), às 18h. O Meetup tem como objetivo, ser um encontro que possibilite aos participantes novos contatos e inspirações, a partir do compartilhamento de histórias de empreendedores de sucesso no país, pessoas que vêm atuando de forma diferenciada no ecossistema e que com a experiência mostram que é possível empreender de forma inovadora, mesmo estando num ambiente limitado.

Para a gestora do Projeto Startup no Sebrae, Kessya Barros, a expectativa é fortalecer o movimento de startups no Amapá, reunindo cada vez mais pessoas interessadas pelo tema e dispostas a contribuírem para o desenvolvimento do ecossistema local, que ainda é embrionário e tímido, mas que precisa ser cada vez mais incentivado e fortalecido e eventos como esse geram bons resultados.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas, por meio da plataforma Sympla, pelo link https://www.sympla.com.br/1-meetup-do-sebrae-start__251802

São parceiros do Sebrae no evento, as empresas Proesc.com, OrçaFascio, Instituto Federal do Amapá (Ifap) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Programação

Data: 22.03.2018
Local: Amapá Garden Shopping

Hora: 18h30 – 19h – Credenciamento
Hora: 19h – 19h20 – Abertura do 1º Meetup Sebrae Start
Hora: 19h20 – 20h10
Palestra "Empreendedorismo feminino em inovação tecnológica: Futuriste Drones", com Raquel Molina
Hora: 20h10 – 20h20 – Bate-papo rápido
Hora: 20h20 – 21h10 – Palestra "Como validar, desenvolver e lançar um produto no mercado", com Ricardo Corrêa
Hora: 21h10 – 21h20 – Bate-papo rápido
Hora: 21h20 – 22h - Happy hour e conexões.


Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap

Share:

Palestra mostra importância do Licenciamento Ambiental para Setor Automotivo





A instrução é promovida pelo Sebrae em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente de Macapá


Andréa Maciel

O Sebrae realiza a Palestra Licenciamento Ambiental para o Setor Automotivo com o objetivo de mostrar aos empresários a importância e as características do processo de licenciamento, reforçando os aspectos técnicos e operacionais do processo. A iniciativa é do Projeto do Sebrae - Cadeia do Setor Automotivo.

O licenciamento ambiental é um documento que permite a operação de atividades de empreendimentos que façam uso de recursos que sejam possíveis poluidores, como é o caso das oficinas mecânicas e lavagens automotivas. A ideia é esclarecer sobre a metodologia para aquisição do licenciamento, driblando a complexidade e a burocracia para ajudar no desenvolvimento dos negócios.

“Procuramos despertar o interesse dos empresários na obtenção ou renovação do seu licenciamento ambiental, sendo na ocasião repassadas informações de como o Sebrae, por meio do Projeto Cadeia do Setor Automotivo, pode apoiar este processo. A palestra enfatiza a importância do cumprimento das condições que constam na licença, para que as empresas não cometam infrações e sejam notificadas. Essa preocupação com o meio ambiente permite à empresa se diferenciar no mercado e atrair um marketing espontâneo e diferenciado, estimulando a competitividade”, afirma a gestora do Projeto Sebrae Cadeia do Setor Automotivo do Sebrae, Ademilce Batista.

A Secretaria de Meio Ambiente de Macapá (Semam) é parceira deste evento e o órgão responsável pela emissão do Licenciamento Ambiental em Macapá. Durante o encontro, o secretário da Semam, Márcio Pimentel e do técnico José Cardoso, abordam informações que sensibilizem os empresários a aplicar nos empreendimentos ações sustentáveis.

De acordo com o secretário da Secretaria de Meio Ambiente de Macapá, Márcio Pimentel, a instituição possui todo o interesse em orientar as empresas no sentido de desenvolverem as atividades dentro do conceito de sustentabilidade ambiental, pois as empresas geradoras de impacto ambiental podem atuar orientadas, pelo licenciamento, com menor impacto possível ao meio ambiente.

“A avaliação dos impactos ambientais tornou-se exigência para empresas de diversos setores da economia, com o objetivo de equilibrar a relação entre o meio ambiente e as atividades empresariais. Na indústria automobilística busca-se cada vez mais minimizar impactos ambientais causados por automóveis, através da otimização de processo produtivo e da renovação de conceitos. A questão da sustentabilidade possui importância cada vez maior, e é preciso que as empresas acompanhem as mudanças da atualidade”, finaliza o secretário da Secretaria de Meio Ambiente de Macapá (Semam), Márcio Pimentel.

A Palestra Licenciamento Ambiental para o Setor Automotivo ocorreu no dia 27 de fevereiro, as 19h, na sede do Sebrae em Macapá, na Sala Tartarugalzinho.


Serviço:
Sebrae no Amapá
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap

Share:

quarta-feira, 14 de março de 2018

Diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga, recebe homenagem de honra na Faculdade Estácio







A homenagem anual e título é para o ex-aluno que se destaca na sociedade, atuando na profissão do curso e se tornou personalidade de honra no estado. A avaliação do perfil e escolha, são feitas pela direção nacional da Faculdade Estácio, no Rio de Janeiro

Denyse Quintas

Diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, recebe a Medalha Alumni Diamante, como o ex-aluno da Faculdade do Amapá (Famap), hoje Faculdade Estácio do Amapá, que se destaca no estado pelos relevantes trabalhos junto à sociedade. O evento ocorreu no Teatro das Bacabeiras, nesta terça-feira (13), às 15h.

Para o diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga, este é um momento muito importante em vários sentidos, como pessoa, como profissional, e também como ex aluno da antiga faculdade Famap.

“A faculdade está reconhecendo como ex aluno, pela posição hoje que representamos e o destaque que temos a frente de empresas, no meu caso, a frente do Sebrae, uma instituição hoje, de renome aqui no estado, uma instituição reconhecida. Então é muito orgulho estar presente e ser reconhecido, como sempre falo, não se faz nada pelo reconhecimento, mas quando esse reconhecimento chega, é uma alegria muito grande, é um orgulho para nós”, disse o diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga.

De acordo com o diretor geral da Faculdade Estácio do Amapá, Anderson Chagas, a Medalha Alumni Diamante, foi criada pela Estácio a fim de homenagear os egressos que têm desenvolvido trabalhos relevantes na sociedade, trabalho esses que têm contribuído para o desenvolvimento regional do estado e consequentemente, trazendo benefícios para a população.

“Hoje o homenageado é nosso egresso João Carlos Alvarenga, que é diretor do Sebrae e tem prestado serviços relevantes para a sociedade amapaense, contribuindo com certeza com o desenvolvimento do estado, juntamente às Micro e Pequenas Empresas e ao Microempreendedor Individual. Buscamos sempre observar esses nossos egressos de destaque no mercado, porque acreditamos muito que os nossos egressos podem contribuir de forma muito positiva para a sociedade, com os conhecimentos adquiridos na nossa instituição. É uma honra recebermos em 2018, a participação do nosso egresso João Carlos Alvarenga, neste evento”, finaliza o diretor geral da Faculdade Estácio do Amapá, Anderson Chagas.


Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap

Share:

terça-feira, 13 de março de 2018

Sebrae homenageia colaboradoras pelo Dia Internacional da Mulher











A programação conta com distribuição de brindes, palestras e homenagens

Andréa Maciel

As colaboradoras do Sebrae no Amapá participam de uma tarde especial para comemorar o Dia Internacional da Mulher. A programação possui duas palestras ‘Como administrar a inteligência emocional’, com a psicóloga Ane Braga e ‘A imagem da mulher contemporânea no ambiente de trabalho’, ministrada pela consultora de moda Yasmin Toledo. A abertura do evento conta com homenagem à colaboradora do Sebrae Nacional, Romilda Torres, vítima de feminicídio.

Colaboradoras, terceirizadas e estagiárias que atuam na sede do Sebrae no Amapá participam da programação diversificada, e recebem brindes. Durante a abertura, todos os colaboradores participam de homenagem à colaboradora do Sebrae Nacional, Romilda Torres, com orações, um minuto de silêncio e uma salva de palmas.

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, Mateus Silva, enfatiza a grande satisfação que possui em participar de eventos que homenageiam a mulher, pois o público feminino é muito presente em sua vida.

“Há algum tempo, eu não conhecia a data de 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, mas comemorava como o dia do nascimento da minha mãe, então sempre que falo desta data, lembro dela com carinho. Minha vida sempre contou com um público acentuado de mulheres. Na minha empresa, 95% do público interno é feminino e aqui no Sebrae não é diferente. Quando soube do ocorrido trágico com a nossa colega do Sebrae Nacional em Brasília, pensei que muito pode ser feito se nós nos tratarmos, percebermos os sentimentos dos outros e aprendermos a equilibrar a dualidade de bem e mal que existe dentro de cada um. Podemos transformar tudo, apenas com boas atitudes”, disse o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, Mateus Silva.

Ao se pronunciar, o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, destaca que o respeito é a maior e melhor homenagem que uma mulher pode receber.

“A maior homenagem que podemos fazer no dia da mulher é respeitá-la todos os dias, pois sabemos o quanto são importantes, o quanto fazem por suas famílias. São filhas que se tornaram esposas, mães, umas já são avós e são profissionais competentes. É muito triste quando nos deparamos com situações como a que ocorreu com a colaboradora do Sebrae Nacional, Romilda Torres, e ainda vemos depoimentos de colegas que vivem no ambiente como o nosso, desfrutam dos mesmos benefícios, mas que quando retornam para os seus lares sofrem humilhações. As vezes por trás de um sorriso existe muita tristeza, por isso, desejo que a independência que as mulheres tanto lutam para ter, seja a independência do viver, de poder ser alegre e feliz de verdade, 24 horas, 7 dias da semana, 30 dias do mês, 12 meses ao ano e por toda a vida”, declara o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

O diretor de administração e finanças do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro, parabeniza a todas as mulheres presentes e afirma que realizar homenagens não é um ato sem importância. “Pensamos que a questão da violência não acontece próximo da gente, e de repente somos pegos de surpresa. Essas homenagens que acontecem todos os anos são para nos manter atentos e reafirmarmos a necessidade de constantemente exaltar a importância da mulher, para que acontecimentos tristes como este da colaboradora do Sebrae Nacional, Romilda Torres, não se repitam. As mulheres não podem se calar, não podem se omitir, e devem levantar essa bandeira, exigindo respeito na casa, no trabalho, no lugar público. A mulher precisa se empoderar”, afirma o diretor de administração e finanças do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro.

Para a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar, este encontro é muito significativo, pois é o momento em que o Sebrae para, só para reconhecer as mulheres, refletindo sobre questões atuais que permeiam o universo feminino. “É fundamental e necessário estarmos reunidos com as nossas colaboradoras. Parabéns à todas pela passagem do Dia Internacional da Mulher. Obrigada aos nossos parceiros que somaram conosco e possibilitaram a realização deste momento e a todos os técnicos do Sebrae pelo esforço na organização e reconhecimento”, finaliza a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar.

Parceria

São parceiros desta ação as empresas, Quitanda da Biju, Benoliel, Revista You, Salão Elô Ferreira Beauty e maquiadora Nete Santiago.

A comemoração do Dia Internacional da Mulher no Sebrae, ocorreu na última sexta (9), às 14h30, na sede do Sebrae no Amapá, no Salão de Eventos Macapá.


Serviço
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap


Share: