www.sebraeap.blogspot.com.br - Divulgação das ações do Sebrae Amapá e seus parceiros.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Sebrae reúne com empresários contemplados com o Selo Amapá








O encontro aproxima os empresários que receberam o Selo Amapá de identificação de Produtos para que junto ao Sebrae e a ACIA encontrem as oportunidades de mercado

Andréa Maciel

Empresas que passam a utilizar o Selo de identificação de Produtos do Amapá participam de reunião com o Sebrae e a Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA). O objetivo é colocar as duas instituições à disposição das 23 empresas, para que juntos possam desenvolver medidas que levem ao aquecimento da economia no estado.

Durante a reunião, as empresas expõem as oportunidades de mercado. O Sebrae e a ACIA se colocam à disposição para atendê-los em várias capacitações, entre elas, inovação e tecnologia, gestão, mercado e políticas públicas.

“Estamos muito felizes em ter participado da elaboração deste selo e ver empresas sendo reconhecidas pela luta e compromisso de cada uma, pois sou um empresário que luta a muitos anos e estou aqui. Queremos ajudá-los a conseguir melhores fornecedores, aperfeiçoar o relacionamento em negócios, alcançar um nível de qualidade competitivo com qualquer outro produto. Por isso, propomos este diálogo”, explica o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, Mateus Silva.

Para o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, o encontro promove o estreitamento da relação do Sebrae com os empresários, colocando a instituição a disposição para ouví-los e apoiá-los.

“Quando estamos produzindo, estamos transformando e assim começamos a nos libertar da dependência dos produtos de outros estados, pois somos um estado que importa mais de 90% daquilo que consome e temos condições de mudar este cenário. Hoje o Amapá possui alguns instrumentos que o coloca na vanguarda, como a parte comercial que é a Área de Livre Comércio e a Zona Franca Verde. Não podemos ficar só com o Selo, temos que fazer com que este item se sobressaia, para que torne-se uma ferramenta inicial que vai mudar o estado. Queremos estreitar a relação com os empresários e nos colocar à disposição”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

Em meio a conversa, os empresários apontam diversas oportunidades onde gostariam de obter auxílio, dentre eles, estão a necessidade de certificações, a união das instituições parceiras e as empresas, incentivo para aproximar a comunidade acadêmica e os empresários, saber identificar as oportunidades, possibilidade dos supermercados permitirem a comercialização de produtos locais e realização de grupos de trabalho.

“Este é o momento para que possamos ouvir os empresários, a necessidade para ampliar o mercado, seja em nível local ou regional. Saber as expectativas, os planos após a contemplação de uso do Selo para que vejamos onde podemos contribuir. O Sebrae é uma entidade de apoio, de conhecimento para as empresas e esse conhecimento é basicamente voltado para a gestão, especialmente para o micro e pequeno negócio que tem o desafio de acumular várias funções gerencias. Temos diversos instrumentos para auxiliá-los, como cursos, capacitações, eventos e consultorias em diversas áreas”, declara a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar.

O presidente da ACIA, Jaime Nunes, explica que é necessário ouvir os empresários para poder trabalhar em favor deles. “Quero escutar um pouco cada empresário, para conhecer as dificuldades e anseios. Assim podemos nos unir para superar os obstáculos. Sabemos que existem vários obstáculos nesse caminho empresarial e este é o momento de nos unirmos para superar os entraves. Temos que valorizar a produção local e sei que deste encontro surgirão novas ideias. Acredito que sozinhos não conseguimos fazer muita coisa, mas juntos, teremos voz”, finaliza o presidente da ACIA, Jaime Nunes.

Selo Amapá

O Selo Amapá foi elaborado pelo Governo do Estado do Amapá (GEA), por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá (Agência Amapá), em parceria com as instituições Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae); Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio-AP) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O lançamento e entrega aos empresários aconteceu no dia 30 de janeiro de 2018.

Empresas

A reunião contou representantes das empresas Tempero Amazônico, Vó Jacira, Trina Cervejaria, QSabor, Produtos Katarina, Polpa Linha do Equador, Distribuidora Milla Alimentos, Distribuidora Liderança Eireli-ME, Jo.com.frutos do Mar, Gelaaado, Fitoderme, Laticínios Três Amores, Empório Amazônia, Casa do Pescado Rio Jordão, Café Grão de Ouro, Betânia Pães, Argamassas do Amapá, Amapá Sorvetes, Amazon Center, Empório Miranda, Soreidom Brasil, Farmafórmula e Semente do Bem.

Próximo Passo

Após a reunião será criado um Grupo de Trabalho composto pelos empresários para discutir e dar os devidos encaminhamentos às questões que necessitam de apoio das instituições governamentais.

A reunião ocorreu na última quarta-feira, 7 de fevereiro, às 16h, na sede do Sebrae em Macapá, na Sala do Conhecimento.

Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap

Share:

0 comentários:

Postar um comentário