www.sebraeap.blogspot.com.br - Divulgação das ações do Sebrae Amapá e seus parceiros.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Sebrae anuncia às Microempresas de Oiapoque forma de acesso aos financiamentos do BNDES





O empresário deve procurar as instituições financeiras públicas e privadas que operam as linhas de crédito do BNDES. Em Oiapoque são Banco do Brasil, CAIXA e Bradesco  


Denyse Quintas
De Oiapoque/Amapá

O Sebrae promove a Feira de Negócios de Oiapoque, no período de 6 a 8 de outubro, das 17h às 22h, na Quadra Paroquial de Nossa Senhora das Graças. Como parte da programação técnica acontece o seminário que aproxima a Micro e Pequena Empresa das novas informações do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES). O Sebrae promove o ciclo de palestras que apresentam as mudanças no que fomenta o capital de giro.

Segundo o analista de crédito do Sebrae, Erick Leal, o BNDES é um banco que apoia o desenvolvimento, mas precisa dos parceiros, que são as instituições financeiras públicas e privadas. “Em Oiapoque existe a Agência de Fomento do Amapá, mas não opera o BNDES, no entanto o Banco do Brasil, CAIXA e Bradesco instaladas no município já operam o BNDES.

Acesso

O empresário deve procurar a instituição financeira que fará a análise de crédito. As linhas do BNDES tem subsídios e as taxas de juros estão bem baixo das praticadas no mercado, em torno de 1,2% ao mês.

O empresário precisa ter conhecimento da existência da Linha de Crédito Finame q é para o financiamento de máquinas, equipamentos e veículo; Proger é uma linha onde os recursos são do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e utilizados para financiar projetos de investimento fixo, com capital de giro associado ou não; e o Cartão BNDES que é um produto que, baseado no conceito de cartão de crédito, financia investimentos das Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) e dos microempreendedores individuais (MEIs), e oferece crédito pré-aprovado, com a menor taxa de juros do mercado.

O agente financeiro prepara a avaliação cadastral que estabelece o valor a ser acessado. O pré-requisito para o empresário é no mínimo 20% de garantia real, que chamam de garantia pré existente, do valor que deseja acessar. Uma exigência do Banco Central.

De acordo com o analista de crédito do Sebrae, Erick Leal, o BNDES tem os 80% garantidos, via Fundo Garantidor de Investimento (FGI). É um fundo de aval de garantia necessária.

O Seminário de Crédito do BNDES, ocorreu nesta quinta-feira (5), às 19h30, no Centro Empresarial do Sebrae em Oiapoque.

O evento contou com as presenças do diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga que fez a abertura oficial do seminário; diretora técnica do Sebrae, Isana Alencar; gerente de Representação na Região Norte, Anderson Marques; gerente geral da Agência CAIXA Oiapoque, Sandro Correa e da gerente da Unidade de Atendimento Individual no Sebrae, Conceição Mira.


Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Blog: www.sebraeap.blogspot.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap
Share:

0 comentários:

Postar um comentário